sábado, 3 de novembro de 2012

Atire

- Eu não posso fazer isso...

- Você deve.

Se imagine numa situação de risco. Aquele que você confiava te abandonou quando você mais precisava. Ele deveria te proteger, mas virou a arma contra você.

- Vamos, atire logo!

- Ma-mas...

Você tenta compreendê-lo, mas não consegue. "Por que me abandonou?", pensa. Até que outro chega e joga um objeto para você. Você observa a sua mão: uma arma.

- Vai atirar ou não?

A mesma pessoa que te deu a arma te incentiva a atirar. Primeiramente você pensa: "Por que não? Ele também ia atirar em mim, isso é considerado legitima defesa" e então você ri com o seu proprio pensamento sujo. Em que você se tornou?...

BANG!

- Atirei, tá feliz agora?

Você sai correndo dali. Não atirara no cara que te abandonou. Nem no que te incentivou a fazer algo sujo. Até pensou em suicídio, mas você não deseja conhecer o inferno. Atirou aos céus, como forma de suplica a Deus... Como você chegou a esta situação?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

✿Faça parte desse mundo que chamo de meu;
✿Nada de comentários ofensivos;
✿Comente algo que tenha a ver com o post;
✿Deixe o link do seu blog para que eu possa te visitar;
✿Críticas são bem vindas, estou aqui para aprender.